terça-feira, fevereiro 06, 2007

Aceçores




Iniciou-se o ano político e, como ele, aparecem os textos dos "aceçores" de gabinete. Mesmo "aceçor", ele deve ganhar muito bem para "aceçorar" deputados federais.
Hoje, escreveram assim:
"Inspirada no Movimento Amazônia para Sempre, criado por artistas que participam da mini-série 'Amazônia – de Galvez à Chico Mendes', o deputado está propondo uma Frente Parlamentar supra-partidária em defesa da Amazônia Brasileira."
Essa é a ignorância ornamentada de quem ganha muito bem como "aceçor" para escrevinhar tão mal. O dinheiro público mantém "aceçor".
Na foto, o homem, que não é assessor de deputado, ou seja, que não recebe dinheiro público, escreve fora dos padrões.
O erro, no entanto, não se está na placa atrás dele. O erro é a sua condição social, causada por uma nação que usa o dinheiro público muito mal, por exemplo, em gabinete de deputado.



2 comentários:

Arison Jardim disse...

Só para aproveitar o tema. Mas esse povo (deputados e idealistas) anda lendo muito, a fabula Maria vai com as outras.

Aldo Nascimento disse...

Arison, um abraço!