quinta-feira, setembro 24, 2009

Bagunça Escolar









Aldoro uma bagunça em minha sala de aula. Gosto da ordem, sei o quanto ela é importante por vários motivos. A desordem (outra forma de ordem) me seduz. Os poetas árcades desprezavam a estética barroca por achar que ela pertencia à impureza da desordem.











O barroco, entretanto, representa uma outra ordem que a ordem árcade não quer entender, por exemplo, a ordem lúdica. Brincar em sala. Gritar. Bagunçar. Desordem sob controle.

Hoje, mais uma vez, permiti que meus alunos brincassem, e eu também, claro. Divididos em grupos de três, uma disputa entre rapazes e moças para colocar em ordem parágrafos fora da ordem lógica de raciocínio. Muito bom.

Leciono há quase 20 anos e ainda me oponho a uma sala SOMENTE séria, formal, inflexível. Até hoje, não me deixo ser possuído pelo condicionamento monótono das escolas. Não consigo imaginar o ato de lecionar sem a presença prazerosa do lúdico.

Senhores, brinquemos!

2 comentários:

Jamylle Carvalho disse...

Por isso que eu o admiro como professor, como pessoa. Sinto falta das tuas aulas.
Um abraço!

Rebeca Rocha disse...

Ah professor, como aluna posso dizer: suas aulas são excelentes!!
Outros professores de outras disciplinas até se questionam se o senhor, um homem tão rígido, tem um "mel" que conquista os alunos!
Bom seria se todos os professores utilizassem métodos assim, que além de descontrair estimulam o aprendizado!

Abraços!