quinta-feira, dezembro 01, 2011

Resultado da prévia e outras falas


Hoje, no final da tarde, dois funcionários e dois professores contaram os votos da prévia eleitoral da escola Heloísa Mourão Marques:

1) Prof. Valdir obteve 14 votos dos professores e 11 dos funcionários;

2) Profª Osmarina obteve 12 votos dos professores e 9 dos funcionário; e

3) Profª Maria Célia não obteve voto dos professores e obteve 1 dos funcionários.


Muitas vezes, eu disse à professora-gestora Osmarina submeter sua direção a uma pesquisa anual a fim de saber o que a escola pensava sobre sua administração. Em vão.


Durante quatro anos, a escola HMM se transformou; porém, segundo essa prévia, uma maioria rejeitou essa transformação. Muitos funcionários rejeitam o nome Osmarina, mas rejeitam no silêncio do voto e não no campo aberto das ideias.

Eu penso que, em nossa escola, prevalece não o debate caloroso de ideias, mas a simpatia ou a antipatia por alguém dizer de uma forma e não de outra. Não só isso. Funcionário público precisa ser agradado. Osmarina desagrada.
          
Prefiro uma gestora antipática e verdadeira a uma gestora sorridente e cínica.

Com esse resultado, penso que Osmarina não irá retirar sua candidatura, como outros também não retirariam se o resultado fosse outro.

A escola, infelizmente, está repartida por interesses que não são claros para qualificar o ensino. Não queria que fosse assim. Não queria. Penso que alguém deveria recuar, deixar para depois o seu desejo de ser gestor, porque existe idade para isso. Não será, entretanto, assim: o espaço "confortável" de poder seduz.

Sendo assim, diante de uma conta que nos divide, que divide a escola, não sei me subtrair e não sei ser calculista. A frieza pertence aos cadáveres.

Não vivo à busca de pessoas simpáticas. Não busco pessoas com palavrinhas mansas e agradáveis a todos. Busco quem diz no olho o que eu às vezes não quero ouvir. Busco a antipática que nunca perseguiu quem trabalha e que peita quem é vagabundo na escola. Busco quem não tem duas caras. Busco quem trilhou um longo caminho para ser gestora. Busco a firmeza de um caráter embora  tenha sido chamada de grosseira tantas vezes. Busco a inteligência  de quem pensou, primeiro, na escola e, depois, na escola.

Se é para dividir a escola, não me separo de Osmarina.

2 comentários:

Anônimo disse...

Professor Aldo, vim aqui por meio deste comentário expressar minha indgnação pelo simples ou composto fato da nossa atual diretora Osmarina Montrezol não se mais candidata a direção da escola( para ela releição), uma mulher que fez a diferença na nossa escola que mudou-a da àgua para o vinho, fez nossa escola ser verdadeiramente uma escola, pois depois que ela assumiu a gestão da escola só fez transformações e conseguiu receber vários elogios por isso. Espero que o novo candidato ao assumir continue com esse belo trabalho que a nossa diretora está deixando,enfim, parabenizo a Osmarina por tudo que fez na escola pelos alunos, porfessores, funcionários e porque não a comunidade da baixada. Osmarina você é uma guerreira, irei sair do colegio esse ano, mais espero continuar ouvindo comentários bons sobre nossa querida escola. Parabéns pelo trabalho.

Aldo Nascimento disse...

Eu também lamento, mas foi decisão de Osmarina. Também penso que ela cumpriu seu papel muito bem e, por isso, não deveria participar de uma eleição mesquinha. Osmarina garantiu seu nome e isso basta.