sábado, dezembro 08, 2012

Habitat ou hábitat?

No romance Milagrário Pessoal, do angolano 

José Eduardo AGUALUSA, encontra-se

hábitat.

No dicionário Antônio Houaiss, registra-se

habitat.

Nesse mesmo dicionário, registra-se também
hábitat, com a seguinte observação: forma aportuguesada.


Ora, se hábitat é à moda portuguesa, o aportuguesamento, para ser completo, deve ser hábitate, porque na língua portuguesa não existe terminação com -t.

Nesse caso, por ser palavra do latim, uma língua morta, eu prefiro manter a forma original, clássica - habitat.

Usam-se as duas formas. 

  

Um comentário:

Alaercio Flor disse...

Latinismo é a palavra que vem direto do latim para o nosso vernáculo,logo não deveria ter acento explícito. Forum, habitat,onibus, et cetera....idem,ibidem....Por que acento gráfico em hábitat? Está grave o cometimento da acentuação ou do aportuguesamento do latim,língua da qual surgiu a "Última Flor do Lácio inculta e bela", no verso lapidar de Olavo Bilac.