quarta-feira, outubro 21, 2009

Greve

Servidores da Justiça e da Ufac realizam paralisação
De Freud Antunes

Os servidores administrativos da Universidade Federal do Acre (Ufac) e do Tribunal de Justiça (TJ) do Estado realizaram uma paralisação de 24 horas ontem para reivindicar melhorias trabalhistas.

Os técnicos da Universidade até bloquearam a entrada de carros na instituição, exigindo o cumprimento de todos os acordos firmados em 2007.

Os funcionários da Justiça abandonaram as repartições e aglomeraram-se na frente do Fórum Barão do Rio Branco para protestar contra a determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que aumentou em duas horas a jornada de trabalho, passando de 6 horas para 8 horas diárias.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Terceiro Grau (Sintect), José Alberto Lotte, o governo federal tem cumprido parte do acordo acertado que oferece um reajuste progressivo até 2010, mas deixou de realizar concurso público, o reposicionamento funcional, a progressão para o aposentado, a liberação do sindicalista para ficar à disposição da entidade e o vale-alimentação.

“As exigências fizeram parte do acordo, mas, agora, os técnicos do governo federal afirmam que não estão autorizando, porque a arrecadação caiu, o que não admitimos”, afirmou Lotte.
A presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sispjac), Rosane Ferraz, disse que 75% da categoria aderiu ao movimento.

“Eles querem que um servidor trabalhe mais horas sem aumentar o seu salário. Isso não é justo, pois teremos maiores gastos. Um trabalhador contratado para exercer sua função em seis horas não pode ter sua carga horária alterada assim”, protestou a sindicalista.

O representante do Sintest afirmou que os técnicos administrativos estão dispostos a entrar em greve por tempo indeterminado caso não haja um acordo.

As mobilizações seguem determinações das federações que organizaram uma paralisação em 45 universidades e em todas as repartições da Justiça.

Um comentário:

Silvana Nunes .'. disse...

Maravilha o seu cantinho.
Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até você.
Gostei muito do seu espaço. Eu não estou podendo ler tudo de uma vez porque a tela do computador atrapalha um pouco a minha visão, mas certamente voltarei mais vezes. O meu oftamologista pediu que desse um tempo da telinha... e eu sou fraca ?
O meu território já está demarcado.
Convido a dar uma espiada em "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.." ( o seu cantinho de leitura), em:
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Terei sempre uma história para contar.
Saudações Florestais !